sexta-feira, 2 de junho de 2017

MEDO CONSTANTE DA VIOLÊNCIA FEZ SOCIEDADE MUDAR MODO DE VIVER

Temos evitado publicar noticias negativas, mas a partir de hoje, os Blogs do Grupo Acontece começam a apresentar reportagens sobre insegurança, para de alguma forma, cobrar das autoridades medidas efetivas contra a violência que assola a sociedade. As postagens sairão em dias esporádicos e sempre que necessário.

O medo da violência vem crescendo e já é uma das maiores preocupações nas pequenas cidades, assim como Martinópole.

Uma pesquisa em 727 municípios brasileiros mostrou que a falta de segurança tira a tranquilidade de moradores de pequenas cidades.

Depois de saúde e segurança, os temas que mais preocupam a população brasileira são: drogas, educação e corrupção.

Sabemos que a violência urbana tornou-se hoje um tema de debate nacional. É claro que a violência, seja no campo ou nas cidades, sempre ocorreu, assumindo formas específicas conforme o momento histórico, e atingindo, preferencialmente, a camada trabalhadora da população.

“As pessoas começam a deixar de caminhar em alguns bairros, em alguns horários deixar de transitar em algumas ruas, ou seja, a população começa a ficar cerceada do seu direito de ir e vir com medo da violência”, diz um morador.

O que o povo de Martinópole queria, era que a tranquilidade voltasse: “Dormir sossegado, tranquilo. Mas hoje não, você fica sempre preocupado, né?”.

Sensação de insegurança? Não. A insegurança é real. E não é para menos. Só nos últimos meses do ano, foram várias ocorrências de assaltos e furtos em Martinópole.

O aumento da violência e da insegurança nas cidades tem feito as pessoas se trancarem em casa e desconfiar de qualquer coisa. Em Martinópole, não é diferente.

Clique nos seguintes links e veja as noticias relacionadas:


Furto

Droga

Trafico

Assalto


Postar um comentário